Com Caramez, prefeito Vladimir e vereadores Sereno e Penariol pedem nova delegacia para Borborema

Dia 14/03, em audiência intermediada pelo deputado estadual João Caramez, o prefeito de Borborema, Vladimir Antonio Adabo, e os vereadores Claudemir Mendes Sereno e Ricardo Valentim Castanho Penariol solicitaram ao secretário de Estado da Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho, a demolição da antiga delegacia e construção de nova sede para abrigar a Delegacia de Polícia e o Destacamento da Polícia Militar.

O prédio existente foi construído em 1960 pelo Governador Carvalho Pinto na gestão do prefeito José Augusto Perotta e não está sendo utilizado há mais de 20 anos devido às péssimas condições do imóvel. “Além dos problemas em manter um prédio que está muito velho e fica bem no centro da cidade, atualmente, a prefeitura custeia o aluguel do prédio em que está a corporação, uma casa mal adaptada, sem estrutura para atender a demanda da população. Daí a necessidade da construção”, citou o deputado.

O secretário Mágino concordou com a necessidade da demolição do prédio antigo. Em paralelo, Caramez, o prefeito Wladimir e vereadores seguirão lutando por investimentos para a construção da nova sede. “Estamos trabalhando para ter em nossa cidade um prédio adequado para o trabalho das Polícias Civil e Militar”, disse o prefeito que destacou a importância do atendimento do pleito da cidade que tem 15 mil habitantes.

Luta antiga

Esta não é a primeira vez que o deputado João Caramez solicita a construção da Delegacia de Polícia e do Destacamento da Polícia Militar e a volta do Pelotão de Borborema. Em março e novembro de 2013, o parlamentar acompanhou autoridades da cidade em audiência com o então secretário de Estado da Segurança Pública, Fernando Grella Vieira. Em fevereiro de 2014, Caramez acompanhou o governador Geraldo Alckmin em visita a cidade de Borborema. Na ocasião, Alckmin anunciou que o Estado vai resolver a questão referente a delegacia.

 

Texto/ Fotos: Assessoria de Imprensa

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *