Estado atende Caramez e Carreta da mamografia atende mulheres de Araçariguama

Dia 22/05, teve início o atendimento da Carreta do Programa Mulheres de Peito do Governo do Estado na cidade de Araçariguama. A iniciativa atende solicitação do deputado estadual João Caramez que acompanhou o atendimento às munícipes logo cedo juntamente com a prefeita Lili Aymar. Parte integrante do Programa Mulheres de Peito do Governo de São Paulo, a carreta de mamografia permanecerá na cidade até dia 9 de junho.

“Obrigado deputado Caramez por trazer a carreta para atender as mulheres da nossa cidade. É um serviço muito importante de prevenção e saúde. Neste período, serão realizados 50 exames de mamografia por dia”, disse a prefeita que escolheu a Unidade de Saúde do Jardim Brasil para sediar a carreta. Segundo Lili, o local é de fácil acesso e facilita a vida das mulheres que “terão total atenção da prefeitura enquanto aguardam o atendimento na carreta”.

Mulheres com mais de 50 anos podem fazer o exame de mamografia sem guia médica, abaixo desta idade, a paciente deverá apresentar o pedido médico, que pode ser emitido tanto pela rede pública de saúde, como pela particular. “Luto para que a carreta atenda o máximo de cidades e leve este programa que salva muitas vidas aos quatro cantos do estado. Em especial, aqui em Araçariguama, estou atendendo um pedido da querida Lusmar (embaixadora da União de Apoio aos Pacientes com Câncer) que me apresentou o pedido. Obrigado governador Marcio França por atender nossa solicitação e oferecer as mulheres da querida Araçariguama acesso a este importante programa de prevenção do Câncer de Mama”, disse.

A carreta tem 15 metros de comprimento, 4,10 metros de altura e, quando aberta, 4,90 metros de largura. Além do mamógrafo, o veículo está equipado com aparelho de ultrassom, conversor de imagens analógicas em digitais, impressoras, antena de satélite, computadores, mobiliários e sanitários. Uma equipe multidisciplinar – composta por técnicos em radiologia, auxiliares de enfermagem, funcionários administrativos e um médico ultrassonografista – faz o atendimento.

As imagens captadas pelos mamógrafos serão encaminhadas para o Serviço Estadual de Diagnóstico por Imagem (Sedi), serviço da Secretaria que emite laudos à distância, na capital paulista. O resultado fica pronto em até 48 horas após a realização do procedimento. Caso seja detectada alguma alteração no exame, as pacientes serão contatadas pela Secretaria para a realização de biópsia guiada por ultrassom ou outros exames complementares. Havendo sinais de câncer maligno, a paciente será encaminhada a um serviço de referência do SUS para fazer o tratamento.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *