Estado firma parceria para construção de 1.993 moradias nas cidades do interior

Por meio de parceria entre os governos estadual e federal e municípios, a Casa Paulista vai promover a construção de novas moradias para atender mais de 12 mil pessoas em São Paulo. Acompanhado do deputado estadual João Caramez, o governador Geraldo Alckmin autorizou, dia 06/02, a contratação da construção de 1.993 novas moradias em oito municípios paulistas, incluindo as 407 autorizadas horas antes para Sertãozinho, e as 240 moradias autorizadas no último sábado (3) para São José dos Campos.

“É uma grande alegria celebrarmos hoje, ao todo, 3.241 unidades. São famílias que vão poder sair do aluguel e realizar o sonho da casa própria. E famílias que precisam. Tem um alto subsídio nesse trabalho porque é habitação de interesse social”, disse o governador nesta terça, após assinar as autorizações para a construção das moradias, já somando a autorização que ainda será assinada hoje para a cidade de São Paulo, que prevê mais 1.248 unidades na capital.

“Esta é uma parceria importante entre Estado, Município e União que vai garantir um lar digno para milhares de famílias”, disse o deputado Caramez que ressaltou a importância da parceria firmada com as cidades. Para o parlamentar, é fundamental que os gestores invistam em habitação para garantir qualidade de vida para as famílias. Os municípios doaram os terrenos e indicarão as demandas a serem atendidas; o Estado fará aporte total de R$ 63,4 milhões por meio da Agência Casa Paulista, incluindo investimento na capital; e a União destinará cerca de R$ 318 milhões de recursos do Minha Casa, Minha Vida, dentro das regras do FAR e conforme o porte de cada município.

As cidades contempladas com a distribuição de moradias e aporte da Casa Paulista são: Aguaí (181 uhs – Condomínio Residencial Rosas I e II, com aporte de R$ 1,7 milhões da Casa Paulista); Boituva (300 uhs – Residencial Villagio das Oliveiras, com aporte de R$ 4,5 milhões da Casa Paulista); Jaú (117 uhs – Conjunto Habitacional Jaú P, com aporte de R$ 1,8 milhões da Casa Paulista); Morro Agudo (100 uhs – Residencial Cidade Nova Etapa I, com aporte de R$ 1 milhão da Casa Paulista); Osasco (300 uhs – Condomínio Vila Alemanha, com aporte de R$ 4,9 milhões da Casa Paulista); Praia Grande (588 uhs – Condomínio Residencial Vitória, Jardim Imperador III, Conjunto Habitacional Imperador IV, Jardim Imperador V e Jardim Imperador VI, com aporte de mais de R$ 16 milhões da Casa Paulista); e Sertãozinho (407 uhs – Conjunto Habitacional Cruz das Posses I, com aporte de R$ 3,1 milhões da Casa Paulista).

 Fotos: Assessoria de Imprensa- João Caramez

Foto: Luiz Blanco- Governo de SP

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *