Governo de SP lança Jovens no Exercício do Programa de Orientação Estadual

O deputado estadual João Caramez acompanhou o governador Márcio França, dia 05/07, no lançamento do JEPOE – Jovens no Exercício do Programa de Orientação Estadual. No evento, que aconteceu no Palácio dos Bandeirantes, França assinou convênios com 16 municípios que integrarão a primeira fase do programa. Os municípios escolhidos passaram por um critério de seleção que levou em conta indicadores de vulnerabilidade social, criminalidade e orçamento municipal per capita.
O Jepoe é destinado ao desenvolvimento pessoal e social de jovens em situação de vulnerabilidade, entre 16 e 18 anos de idade, e oferecerá cursos de Formação Cidadã e de Qualificação Profissional, além de realizar atividades de interesse social junto à comunidade. “Esse programa foi implantado em São Vicente quando fui prefeito. Ele mudou o jogo completamente, os rapazes tiveram oportunidade, tiveram remuneração, andavam uniformizados. Isso permitiu que eles mudassem a perspectiva e levantassem a autoestima, o que fez cair drasticamente a violência”, citou o governador.
O objetivo é contribuir para o fortalecimento de vínculos e para ampliação de perspectivas dos jovens quanto ao seu papel e participação na sociedade, além de colaborar para a segurança das comunidades envolvidas. O programa é ligado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação e é gerido pela Coordenadoria de Ensino Técnico, Tecnológico e Profissionalizante.
A quantidade de vagas oferecidas foi definida de acordo com o número de habitantes de cada cidade. Na lista dos municípios contemplados estão Araçatuba, São Vicente, Bebedouro, Lins, Monte Mor, Ibitinga, Batatais, Itararé, Santa Cruz do Rio Pardo, Presidente Epitácio, Carapicuíba, Juquiá, Guariba, Itapetininga, José Bonifácio e Potim. “Parabéns governador Márcio França pela iniciativa que garantirá um futuro melhor para milhares de famílias do estado de SP”, disse Caramez.
Ao todo, serão quase 4,5 mil jovens atendidos que receberão bolsa-auxílio no valor de R$ 500 por mês. Cada um terá direito a dois cursos de qualificação, sendo o Formação Cidadã com duração de um mês, de segunda a sexta-feira. Já os de Qualificação Profissional contam com uma carga horária de 120 horas cada, sendo quatro horas por dia, de segunda a sexta-feira, no contra turno das atividades de qualificação profissional. As atividades de interesse social junto à comunidade ocorrerão de segunda a sábado, quatro horas por dia. Cada cidade poderá definir quais cursos serão disponibilizados, de acordo com a realidade local.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *