Projeto que atende crianças com câncer da Associação Beit Chabad do Brasil recebe o Colar de Honra ao Mérito

Segunda-feira, dia 28/05, o deputado estadual João Caramez presidiu sessão solene que outorgou o Colar de Honra ao Mérito Legislativo à Associação Israelita de Beneficência Beit Chabad do Brasil em razão do Projeto Felicidade. O evento, promovido no Plenário Juscelino Kubistchek, contou com a participação do Rabino Shabsi Alpern, criador do Projeto, do deputado federal Floriano Pesaro, da diretora geral do projeto Flávia Bochernitsan, do presidente da associação, Mauro Zaitz, e do presidente executivo da Federação Israelita do Estado de São Paulo, Ricardo Berkiensztat, familiares e apoiadores do programa que desde 2001 atende crianças portadoras de câncer.

“O Colar de Honra ao Mérito Legislativo é a maior honraria da Alesp. Com este gesto, prestamos singela homenagem a quem muito fez e faz pelas crianças de classes menos favorecidas portadoras de câncer, selecionadas pelos 34 hospitais conveniados, acompanhadas de seus familiares”, disse Caramez que enalteceu a iniciativa da instituição que por meio do programa oferece cinco dias de diversão e alegria a crianças e adolescentes.

A cada semana os hospitais selecionam crianças em tratamento para participar do Projeto. De segunda a sexta-feira, juntamente com um irmão e os pais, ficam hospedadas em hotéis e participam de diversos passeios: parques temáticos, praia, shoppings, boliche, cinema, museus e sítio do Projeto. À noite, recebem a visita de voluntários, que vão aos hotéis levar um kit de arte, livros, brinquedos, etc. Na sexta-feira, participam de atividades na sede do Projeto. Depois, continua mantendo contato permanente com as famílias através de cartas, telefonemas, comemoração de aniversário na casa das crianças, além de doação de cestas básicas e oferta de cursos profissionalizantes em sua sede.

“É dever de todos também fazer parte seja como voluntariado, famílias participantes, políticos que se envolveram nesta caminhada social em favor do próximo, como é o caso do amigo Floriano Pesaro. É preciso fortalecer o trabalho por mais políticas públicas na área social e atenção ao terceiro setor. Conclamo meus nobres pares a estarem juntos nesta luta de pais, filhos, irmãos, amigos que juntos constituem uma grande família unida em favor das crianças portadoras de câncer”, concluiu Caramez.

Ao contar com emoção sobre a história do projeto, a diretora ressaltou que “O Rabino sonha grande e não descansa enquanto não torna seu sonho realidade. Começou em 2001, várias reuniões e um dia ele disse vamos começar, a data será 23 de abril. Hoje, temos 34 hospitais no território brasileiro, nunca deixamos de receber as famílias que esses hospitais encaminham. Quando vem fora do estado, vem pela Gol (empresa de serviço aéreo), parceira que nos apoia desde o início”, relembrou emocionada Flávia Bochernitsan.

Sobre os resultados do projeto, ela disse que “esta é uma experiência ímpar, ver uma criança com câncer rir, um riso que contagia o grupo todo e com certeza começa a agir liberando hormônios que ajudam a elevar a autoestima, aumenta a imunidade e diminui a dor. É um verdadeiro remédio que não se compra em nenhuma farmácia, mas está ao alcance de todos e, o mais importante: não tem contraindicação, e os efeitos colaterais são bem-vindos, ou seja, quem ri atrai outras pessoas, fortalece relacionamentos, acrescenta entusiasmo à vida, alivia o estresse, entre outros. Enfim é isso que acontece semanalmente no Projeto Felicidade, verdadeiros milagres: crianças com câncer rindo, comendo, brincando, vivendo e não deixando simplesmente a vida passar. Tornam-se novamente protagonistas de suas histórias, pois aprenderam que quando encontram Gente ajudando gente vale a pena viver”, disse a diretora enaltecendo a importância do amor. “Fazer uma criança sorrir é fácil. Fazer uma criança com câncer sorrir é um milagre que acontece todos os dias, por isso, agradeço aos patrocinadores, aos voluntários e aos funcionários do projeto.”

Para o deputado Pesaro, o “Projeto Felicidade é um programa de boas ações que São Paulo tem o privilégio de contar. Agradeço ao Caramez, grande homem público, parceiro e leal, e a Assembleia Legislativa por reconhecer a importância de um projeto tão valioso para São Paulo e para o País.  Parabéns Felicidade”, citou Floriano Pesaro que é um parceiro do Beit Chabad e do Projeto há anos.

O Rabino Alpern também falou da história do projeto que foi criado “há 17 para atender exclusivamente crianças brasileiras”. Ainda ressaltou a importância dos valores da vida, destacando a valiosa dádiva de Deus “amar o seu próximo como a si mesmo e falamos isso em palavras claras. O pedaço de pão que eu tenho é teu como meu”, citou. “A Bíblia escreve que o homem deve andar atrás do Criador seguindo os caminhos do Altíssimo que quer dizer: Ele é bondoso, pratica o bem, por isso deve ir atrás e imitar o Criador. Você não pode desviar do caminho da justiça”, concluiu o fundador do projeto Felicidade.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *