Caramez acompanha inauguração da Fatec Barueri

O deputado estadual João Caramez (PSDB) acompanhou na segunda-feira, 17, o governador José Serra durante inauguração da Faculdade de Tecnologia (Fatec) de Barueri. A nova unidade tem 7,2 mil m² de área construída e conta com 21 salas de aula, sala de leitura, elevadores, quatro laboratórios, auditório para 170 pessoas, biblioteca e quadra coberta.
Para Caramez a inauguração da faculdade em Barueri é muito oportuna por conta dos investimentos do governo do Estado na região. “Com o rodoanel, as cidades vizinhas à rodovia Castello Branco tornaram-se mais atraentes para os empresários. Por isso a capacitação da mão de obra local é de suma importância para garantir aos moradores da nossa região bons empregos e diversas oportunidades de trabalho. E tanto a Fatec de Barueri como a de Carapicuíba vão atender perfeitamente esta demanda”, disse o deputado.
“Nós demos prioridade número um ao ensino no Estado de São Paulo e enfatizamos a área técnica e tecnológica. É muito importante oferecer oportunidades realistas para os jovens”, declarou o governador José Serra, se referindo ao alto índice de empregabilidade dos cursos oferecidos pelo Centro Paula Souza.
No primeiro processo seletivo para a Fatec Barueri, cuja prova aconteceu no dia 28 de junho, 438 inscritos disputaram as 80 vagas distribuídas entre os turnos da tarde e da noite. No período noturno, a procura foi de 9,23 candidatos por vaga, o que demonstra o interesse da comunidade pelo curso.
Nove em cada dez egressos das Fatecs estão empregados um ano depois de formados, aponta pesquisa do Sistema de Avaliação Institucional do Centro Paula Souza, órgão do Governo de São Paulo responsável pelo ensino técnico e tecnológico do Estado. Na edição recém-concluída da pesquisa anual, 92,8% dos alunos formados pelas Faculdades de Tecnologia do Estado (Fatecs) estão empregados um ano depois de formados.
Apesar da crise econômica mundial, esse número manteve-se praticamente inalterado em relação ao ano passado (93,2%). Dentre os tecnólogos empregados, 94,5% têm vínculo formal de trabalho. O estudo foi feito em 2008 com alunos que concluíram seus cursos em 2007, nas Faculdades de Tecnologia do governo paulista.
Os setores que mais empregam os formados pelas Fatecs são indústria (24,1%), informática (21%) e serviços (20,7%). Comércio (4,6%) teve uma ligeira queda em relação a 2008, quando o setor empregava 6,7% dos egressos. Por outro lado, o emprego na construção civil cresceu de 1,5% no estudo do ano passado para 4% agora. As grandes empresas são as que mais contratam (40%), seguidas pelas médias (19,5%) e pelo serviço público (18,9%).

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.