Caramez fala sobre hidrovia paulista em seminário internacional

O deputado João Caramez (PSDB) coordenador da Frente Parlamentar das Hidrovias (FPH), na Assembléia Legislativa de São Paulo, foi um dos palestrantes nesta terça-feira, 18/3, no 5º Seminário Internacional em Logística Agroindustrial, em Piracicaba, cujo tema debatido foi “O Transporte Hidroviário (Fluvial e Cabotagem) de Granéis Agrícolas”. O evento, que aconteceu entre os dias 17 e 19 de março, foi realizado pelo Grupo de Pesquisa e Extensão em Logística Agroindustrial, da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (USP/ESALQ).
Caramez explicou a forma de atuação dos integrantes da Frente, seus objetivos e fez um resumo do relatório que concluiu a primeira etapa dos trabalhos do grupo apresentado no final do ano passado. Durante a palestra, o parlamentar ressaltou a existência de gargalos físicos, assim como problemas de regulação ambiental e tributária que prejudicam o crescimento do setor. “Por isso, a Frente tem buscado alternativas para solucionar estas questões, por meio de um estudo aprofundado do assunto”, disse.
Segundo ele, o implemento do modal hidroviário é fundamental para o desenvolvimento socioeconômico sustentável, já que as hidrovias possibilitam um transporte muito mais seguro, limpo, sem agredir o meio ambiente. “Nós, da Frente, estamos muito otimistas com este novo governo, pois, o governador José Serra tem investido muito em obras de infra-estrutura e com certeza a Secretaria de Desenvolvimento, por meio do seu secretário e vice-governador, Alberto Goldman, vai olhar com carinho para nossa hidrovia”.
O tema “Desenvolvimento Hidroviário do Estado de São Paulo”, também contou com dois outros palestrantes: Wagner Ferreira, do setor privado, e José Roberto dos Santos, da Secretaria de Estado de Desenvolvimento. O moderador foi Vitor Pires Vencovsky, do Grupo ESALQ-LOG.
Últimas edições
As últimas edições do Seminário têm auxiliado o setor na busca de soluções voltadas à diminuição dos gargalos logísticos enfrentados na movimentação de cargas de natureza agroindustrial e servido como uma oportunidade de interação entre novos e mais experimentados profissionais. Este ano, o evento trouxe como novidade a apresentação de trabalhos desenvolvidos por professores, pesquisadores e alunos de diversas instituições de ensino de todo o Brasil.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.