Caramez participa de audiência pública da CPTM em Carapicuíba

O deputado estadual João Caramez (PSDB) participou na manhã de segunda-feira, 18/6, de uma audiência pública realizada pela Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), no Anfiteatro do Complexo Educacional, Cultural e Esportivo da Vila Crette, em Carapicuíba. O evento foi realizado pela Companhia com o objetivo de prestar esclarecimentos, colher sugestões e contribuições para os projetos de modernização das seis linhas da empresa, que deverão ser executados até 2.010.
As ações previstas para a Linha B, que liga a estação de Júlio Prestes a Itapevi, contemplam projetos nas estações Itapevi, Barueri, Carapicuíba, Domingo de Moraes, Comandante Sampaio, Engenheiro Cardoso, Jardim Silveira, Quitaúna, Jardim Belval, General Miguel Costa, Antônio João, Jandira e Imperatriz Leopoldina.
Entre os projetos, serão executadas obras de via permanente, vedação de faixa, pátios e oficina, além da modernização dos sistemas de rede aérea, sinalização, telecomunicações e energia.
Segundo Silvestre Eduardo Rocha Ribeiro, gerente de projetos da Companhia, a remodelação vai possibilitar a redução dos intervalos entre trens de 7 a 9 minutos para 5 minutos, aumento da oferta de lugares por hora/sentido de 20 para 34 mil e do número de usuários por dia útil de 334 para 422 mil.
O deputado João Caramez questionou os técnicos presentes sobre a falta de investimentos previstos para o trecho final da Linha B, de Itapevi a Amador Bueno, que ainda funciona com o trem antigo, de bitola estreita. Ribeiro explicou ao deputado que o trecho de Amador Bueno não seria contemplado neste calendário de obras, mas que a sugestão seria anotada para futuros projetos.
“Estou muito feliz com essas obras previstas pela CPTM e aproveito a oportunidade para parabenizar o governador José Serra, pela importante iniciativa de investir no transporte coletivo ferroviário, ação que nos últimos anos nenhum outro governo se preocupou em priorizar”, afirmou o deputado, que cobrou uma postura diferente da Companhia: “Não concordo quando os técnicos afirmam que o trecho de Amador Bueno não faz parte deste projeto. Ora, se os projetos contemplam a linha B, seria óbvio que o trecho final fosse incluído, afinal, os bairros de Amador Bueno e Santa Rita, fazem parte de Itapevi”.
A necessidade de remodelação do trecho final da Linha B, onde o transporte ferroviário é realizado com os trens antigos de bitola estreita é uma preocupação antiga do deputado tucano, que há anos vem cobrando da CPTM uma ação no sentido de resolver a questão. Em maio, o parlamentar levou para Itapevi o presidente da Companhia, Álvaro Armond, justamente para pedir providências.
“Não é uma questão de melhorar apenas a vida dos passageiros, iniciativa que priorizamos. Mas insistimos na remodelação do trecho, com a colocação de bitola larga justamente para facilitar a continuação da linha, também para os trens de carga”, explicou Caramez. Segundo ele, alguns empresários da região estão aguardando a troca para a construção de um porto seco em Amador Bueno, para promover a intermodalidade da ferrovia com a rodovia. A medida seria muito bem-vinda para a região Oeste, já que essa opção de transporte atrairia mais empresas e, conseqüentemente, geraria mais empregos para a população local.
As obras já previstas pela CPTM, segundo Silvestre, terão início no primeiro semestre de 2008. As audiências públicas realizadas pela Companhia em toda a região metropolitana encerraram-se no dia 20.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.