Caramez reitera pedidos para Itapevi ao Secretário de Segurança Pública

Caramez reitera pedidos para Itapevi ao Secretário de Segurança Pública
 
 
O deputado estadual João Caramez (PSDB) se reuniu nesta terça-feira, 27, com o secretário de Estado da Segurança Pública, Ronaldo Marzagão, na sede da Secretaria. Entre as pautas da audiência, o deputado reiterou a necessidade de Itapevi ter uma Delegacia da Mulher e mais dois distritos policiais.
“Itapevi tem crescido muito. Estamos com quase duzentos mil habitantes e temos apenas uma delegacia de polícia e um batalhão da Polícia Militar. Para o efetivo combate da violência na cidade já se fazem necessários ao menos mais dois distritos policiais”, explicou o deputado ao secretário, afirmando que o requerimento já é um pedido antigo.
No início de março, Caramez já havia encaminhado ao governador José Serra, três indicações solicitando providências para a criação e instalação de uma Delegacia da Mulher na cidade e mais dois distritos policiais, nos bairros de Amador Bueno e Engenheiro Cardoso, assim como o aumento do efetivo policial para atender a nova demanda.
Ronaldo Marzagão afirmou que os pedidos são legítimos e que se empenhará junto ao governador para que as solicitações sejam atendidas assim que possível. “Estamos trabalhando para aproveitar ao máximo o efetivo policial do Estado e nossa prioridade no momento está sendo o investimento pesado em Inteligência, assim como o mapeamento rigoroso das áreas de maior risco para a população”, explicou o secretário.
Segundo ele, o Governo está atuando diretamente na dinamização e aproveitamento racional do efetivo policial, além da revolução tecnológica promovida na área de comunicação da Polícia, que a partir de agora, se dará de maneira digital, como forma de coibir a interceptação das transmissões policiais pelos criminosos. “Inclusive, nossas viaturas estão sendo equipadas com laptops para agilizar o registro das ocorrências”.
Justificativas
 O deputado explicou que os bairros de Amador Bueno e Engenheiro Cardoso foram escolhidos para sediar os distritos por uma questão estratégica, por seu crescimento populacional, sua distância em comparação à Delegacia de Polícia, no Centro, e também por ambos estarem localizados em dois extremos da cidade.
A solicitação para a instalação da Delegacia da Mulher teve como justificativa os inúmeros problemas sociais e ocorrências com o envolvimento de mulheres, tanto na qualidade de vítimas de crimes comuns, mas também de violência doméstica, como espancamentos, ameaças, estupro e ofensas morais em geral.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.