Congregação da Sagrada Família de Bérgamo comemora 60 anos em Itapevi

Há exatas seis décadas, dia 24 de maio de 1951, chegava ao Brasil, no município de Itapevi, a primeira delegação de padres e missionários da Congregação da Sagrada Família de Bérgamo. Em comemoração ao acontecimento histórico, terça-feira, dia 24/05, foi celebrada missa solene na Paróquia São Judas Tadeu. Presidida pelo bispo diocesano Dom Ercílio Turco, a celebração contou com as presenças do deputado estadual João Caramez, de diversos padres e religiosas da congregação e da comunidade católica da região.

Na cerimônia foi relembrada a história de luta dos primeiros padres que vieram em missão para o país. Enviado pelo Papa Pio XII, o grupo que se estabeleceu em Jandira e Itapevi contava com o superior-geral padre Leonardo Cusatis, padre Romeo Mecca e padre Ângelo Bertolli.

“Eles foram a primeira semente que permitiu o crescimento de nossa missão no Brasil, uma iniciativa cristã de coragem”, afirmou o padre Michelangelo Moioli, superior Geral da Congregação da Sagrada Família de Bérgamo que destacou a importância da atuação marcante dos primeiros padres da congregação na formação de fiéis e divulgação da palavra de Deus.

“Esta é uma noite especial, um momento que nos fez voltar ao passado, que nos traz muitas saudades e boas lembranças. A congregação e a minha vida se misturam numa história de cumplicidade e amor, pois vivi minha infância e adolescência na comunidade católica. Fui coroinha, membro da cruzada e participei da CJC- Comunidade de Jovens Cristãos”, afirmou Caramez relembrando o aprendizado adquirido com os padres missionários e agradecendo pela grande aprendizagem que recebeu dos religiosos. “Estou aqui não somente para comemorar os 60 anos da congregação no Brasil, mas também para agradecer à Sagrada Família de Bérgamo”, concluiu.

Foi por meio do trabalho dos padres da congregação que Itapevi viu sua comunidade católica crescer. Os primeiros passos se deram quando o cardeal arcebispo de São Paulo, Dom Carlos Carmelo de Vasconcelos Motta, ofereceu à Congregação a Paróquia de Itapevi. Romeo Mecca, que chegou ao município com 33 anos, foi nomeado vigário da Paróquia São Judas Tadeu e lá permaneceu até sua morte, em 1983.

Outro padre da Congregação que atuou fortemente na cidade foi Govanni Cornaro. Nascido em 1930, na região de Bérgamo, foi ordenado padre em 1965, aos 35 anos, mesmo ano em que chegou ao Brasil e iniciou seu ministério sacerdotal como vigário da Paróquia São Judas Tadeu, auxiliando o pároco Mecca. Em sua passagem, criou comunidades religiosas em Amador Bueno, Jardim Gióia e Ambuitá e, em 1977, foi nomeado pároco das paróquias Nossa Senhora Medianeira de Todas as Graças (Vila Dr. Cardoso) e Cristo Rei (Vila Nova Itapevi). Em 1993, com a saúde debilitada, passou a dedicar-se exclusivamente à Paróquia Medianeira, onde permaneceu até o seu falecimento, em 2006.

A história da congregação em Itapevi também é marcada pela presença das irmãs religiosas. Em 1965, acolhendo pedido do Concílio Vaticano II, duas irmãs e uma leiga consagrada vieram para o Brasil e iniciaram a primeira atividade no campo catequético e educacional em Itapevi. Atualmente, as irmãs permanecem com sua missão evangelizadora por meio do trabalho realizado no Instituto Madre Paula Cerioli, situado no centro da cidade.

A missa solene, que teve homenagens aos primeiros padres da congregação em Itapevi, contou com as presenças do padre Roberto Maver, superior Regional da Congregação da Sagrada Família de Bérgamo, o vice-prefeito Jaci Tadeu, o presidente da Câmara Municipal de Itapevi, Luciano de Oliveira Farias, e os vereadores Marcos Godoy e Igor Soares.       

Congregação

A Congregação da Sagrada Família de Bergamo está situada em Martinengo, ao norte da Itália. De orientação católica e com mais de 150 anos de atuação, além de Itália, a Congregação conta com atividades também no Brasil, Moçambique e na Suíça.

No Brasil, as atividades se estendem a São Paulo (Itapevi e Jandira), Paraná (Peabiru, Curitiba e Assaí), Minas Gerais (Montes Claros) e Bahia (Serrinha).

A Congregação Sagrada Família de Bérgamo foi fundada por Constância Honorata Cerioli, nascida em 28 de janeiro de 1816 em Soncino, em Cremona (Itália). Proclamada bem-aventurada pelo Papa Pio XII, em 1950, ela foi declarada Santa Paula Elisabete Cerioli, em 16 de maio de 2004, pelo papa João Paulo II.

Padres acompanham explanação de Caramez
Padres celebram missa em comemoração aos 60 anos da Congregação da Sagrada Família em Itapevi

Texto: Assessoria de Imprensa- Fotos: A. C. Paraíba

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.