Deputados aprovam reajuste para policiais e greve termina

            O deputado João Caramez e demais parlamentares da Assembléia Legislativa aprovaram na quarta-feira, 12, projetos encaminhados pelo governador do Estado que tratam da reestruturação das carreiras de delegados da Polícia Civil e concede reajuste salarial de 6,5% aos policiais.
            Com a conclusão da votação e um acordo firmado entre lideranças do governo estadual e da categoria para antecipar a parcela do reajuste do ano que vem de novembro para agosto, a greve de policiais civis, iniciada em 16 de setembro, foi encerrada.
            Por sugestão do deputado Caramez aceita pelo movimento de greve e pelos parlamentares, a partir de março será formado um grupo de participação das entidades representativas da maior parte dos servidores, do Executivo e do Legislativo para estabelecer alterações e avanços na Polícia Civil e para tratar de questões pendentes da discussão atual.
            Projetos – Durante a sessão ordinária, o Plenário aprovou os três projetos de lei complementar que concedem aumento de 6,5% para os servidores ativos e inativos das carreiras da Polícia Militar, Polícia Civil e Polícia Científica do Estado de São Paulo. Os textos incluíram a proposta constante de mensagem aditiva encaminhada pelo governador José Serra, que antecipa a data de vigência dos reajustes, com índice linear de 6,5%, para 1º de novembro de 2008 e o mesmo dia e mês de 2009. Originalmente, os projetos previam que os aumentos aconteceriam em janeiro de 2009 e janeiro de 2010.
            Foram aprovados o PLC 59/2008, que trata da reestruturação da carreira de delegado e prevê aumento para a classe; o PLC 60/2008 que, dentre outras medidas, reajusta o padrão de vencimentos das Polícias Civil e Técnico-Científica, reestrutura as carreiras da Polícia Civil, exceto a de delegados, e da Polícia Técnico-Científica, e cria 1.236 cargos de oficiais administrativos destinados ao Detran, e o PLC 61/2008, que reclassifca os padrões de vencimentos dos integrantes da Polícia Militar.
             Em uma sessão extraordinária, os deputados paulistas votaram o PLC 57/2008, que dispõe sobre requisitos e critérios diferenciados para a concessão de aposentadoria voluntária aos policiais civis do Estado.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.