Frente Parlamentar de Hidrovias estuda propostas de incentivo ao transporte hidroviário para o Projeto de Lei de Mudanças Climáticas

A Frente Parlamentar de Hidrovias (FPH) realizou terça-feira, dia 03, uma reunião para a apresentação de propostas de emendas de incentivo ao transporte hidroviário para o Projeto de Lei nº 1, de 2009, que institui a Política Estadual de Mudanças Climáticas (PEMC), de autoria do governador José Serra. Na reunião, que foi realizada no Plenário D. Pedro I da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo sob a coordenação do deputado estadual João Caramez, foi criada uma comissão para estudar e consolidar as propostas apresentadas pelos membros da FPH.
“Precisamos aproveitar a oportunidade de discussão do projeto para privilegiar o transporte hidroviário, um modal mais econômico e que emite menos poluentes em nossa atmosfera”, afirmou o coordenador da Frente, deputado João Caramez.
A comissão formada para analisar as propostas apresentadas durante a reunião e transformá-las em emendas ao projeto de lei nº 1/2009, que tem como objetivo reduzir a emissão de gases de efeito estufa, por meio de várias providências, entre elas, a adoção de medidas que priorizem o transporte sustentável (art. 16), será composta por Marcelo Poci Bandeira (Departamento Hidroviário), Cláudio de Senna Frederico (Fundação Mário Covas), João Gomes Ribeiro (DNIT- Núcleo de Obras e Melhoramentos Ahrana/Ministério dos Transportes- Adm. Da Hidrovia Tietê Paraná), João Sanzovo (Consórcio Tietê Paraná), Antônio Camargo Júnior (IPT- Instituto de Pesquisas Tecnológicas), Carlos Schad (ADTP- Agência de Desenvolvimento Tietê-Paraná), Ailton Azevedo, assessor do deputado estadual José Zico Prado, além da secretária executiva da Frente Parlamentar de Hidrovias, Cleide Dini, e do relator da FPH, Ricardo Luiz Camargo.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.