Portella autoriza início das obras de reforma das Estações de Itapevi

Acompanhado do deputado estadual João Caramez, o secretário de Estado dos Transportes Metropolitanos, José Luiz Portella, assinou sexta-feira, dia 03/07, a autorização para o início das obras de reforma e ampliação das Estações da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos): Engenheiro Cardoso e Itapevi, que integram a Linha 8- Diamante (Amador Bueno/Júlio Prestes). O evento, que contou com a presença do presidente da CPTM, Sérgio Avelleda, foi realizado no Salão Paroquial da Paróquia Nossa Senhora Medianeira de Todas as Graças, na Vila Dr. Cardoso (Itapevi).
De acordo com Avelleda, as duas estações serão adaptadas para garantir total acessibilidade e terão o padrão de estações de metrô de superfície, com mezaninos amplos, plataformas, maior espaço e outros itens para atender com qualidade os usuários.
A Estação de Itapevi será ampliada e receberá adequação viária, nova passarela, escadas rolantes, elevadores, pisos táteis e corrimãos, bilheteria blindada e paisagismo, entre outras adaptações. Já a Estação Engenheiro Cardoso ganhará ampliação da cobertura da estação, melhorias na infraestrutura, elevadores e rampas de acesso, entre outras reformas e adequações. Para a realização das obras nas duas estações, o Governo do Estado de São Paulo investirá mais de R$ 20 milhões.
“Além da reforma das estações, o projeto contempla 24 novos trens totalmente equipados e modernos, com ar condicionado, câmera de vigilância e TV. Também faremos a troca do sistema de sinalização, pois quanto mais moderno for (o sistema), menores serão os intervalos entre os trens”, anunciou o presidente da CPTM. O Projeto de Modernização da CPTM garantirá a redução do intervalo entre os trens de 9 minutos para 5 e a ampliação da demanda de 334 mil para 422 mil usuários por dia.
Em seu discurso, o secretário Portella apresentou outros detalhes do Plano de Expansão do Governo do Estado de São Paulo que possui uma série de intervenções em andamento, incluindo compra e reforma de trens para o Metrô e a CPTM e ampliação de linhas. “Um dos principais objetivos do programa é quadruplicar a rede sobre trilhos com qualidade de metrô, dos atuais 61,3 km para 240 km (160 km em forma de metrô de superfície na CPTM)”, citou.
Para a realização do Plano de Expansão, o Governo do Estado está investindo ao todo R$ 20 bilhões, o maior investimento no setor já feito no país. “O governador José Serra tem pressa para solucionar os problemas e sabe onde captar recursos para os investimentos. Estão aí as obras, o Rodoanel, o Corredor de Transporte Metropolitano Itapevi – São Paulo e hoje o anúncio da reforma e ampliação das estações”, disse o deputado que há anos luta pela melhoria da Linha Amador Bueno/Júlio Prestes.
“Caramez é um grande aliado. Ele cumpre um papel fundamental na Assembleia Legislativa batalhando pelo transporte metropolitano”, salientou Avelleda.
O secretário Portella também falou da parceria com o deputado. “O mais importante é agradecer ao deputado João Caramez que nos ajudou com o seu trabalho de sustentação”, citou.
Também participaram do evento o vice-prefeito de Itapevi, Jaci Tadeu, o presidente da Câmara de Itapevi, Marcos Godoy, e os vereadores Luciano de Oliveira Farias, Silas Pinheiro e Adilson Peres, o prefeito de Jandira, Braz Paschoalin, o pároco da Paróquia Nossa Senhora Medianeira de Todas as Graças, Roberto Fornoni, entre outras autoridades.
Viaduto na Vila Dr. Cardoso- Uma parceria entre a CPTM e a EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) contemplará na Vila Dr. Cardoso a construção de um viaduto sobre os trilhos, acabando com a perigosa travessia de motoristas e pedestres sobre a passagem de nível existente no local. A benfeitoria, uma reivindicação antiga dos moradores da localidade que sofrem com a atual transposição da ferrovia, será realizada juntamente com as obras de infraestrutura do Corredor Metropolitano Itapevi- São Paulo (Butantã), no trecho Itapevi/Jandira.
O Corredor de Transporte Metropolitano Itapevi – São Paulo, um investimento de R$ 31,5 milhões do Governo do Estado de São Paulo, começará no futuro Terminal Itapevi, junto à Estação CPTM Itapevi e seguirá até a futura Estação Butantã do Metrô (linha 4 – Amarela), na capital paulista. Serão 33 quilômetros de extensão, atendendo aos usuários de Itapevi, Jandira, Barueri, Carapicuíba, Osasco e São Paulo.
Com a construção do corredor os usuários de trem e ônibus contarão com uma rede integrada do sistema de transporte coletivo. Por meio dele, haverá a integração das linhas de ônibus municipais e intermunicipais, trens e metrô, garantindo maior mobilidade nos deslocamentos da população da Região Oeste, além de viagens mais rápidas e seguras.
            A assinatura do Convênio de Cooperação Técnica e Apoio Recíproco com as prefeituras de Itapevi e Jandira para a construção do Corredor Metropolitano Itapevi- São Paulo (Butantã) aconteceu em maio deste ano e contou com a presença do deputado estadual João Caramez, articulador do projeto junto ao Estado, e do presidente da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU/SP), Júlio Antonio de Freitas Gonçalves.
 
Caramez discursa durante evento na Vila Dr. Cardoso

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.