Presidente da ViaOeste recebe Caramez e comissão de empresários

O deputado estadual João Caramez (PSDB), juntamente com uma comissão formada por empresários de Itapevi e Jandira, foi recebido na manhã de quarta-feira, 09, pelo presidente da ViaOeste, José Braz Cioffi. Durante a reunião, a comissão entregou ao presidente da concessionária que administra a rodovia Castello Branco um documento com reivindicações de obras de melhorias nos acessos do Trevo aos dois municípios, por meio da SP-29 e da avenida João de Góes.
“Nosso pedido é que a ViaOeste passe a administrar os dois acessos, realizando as melhorias que são necessárias para que os usuários possam ter mais conforto e segurança”, explicou o deputado, que apresentou ao presidente algumas sugestões de obras que poderiam aumentar a fluidez do trânsito local.
Essas sugestões foram discutidas no último dia 04, em um encontro que reuniu, na Câmara Municipal de Itapevi, empresários, vereadores e representantes de entidades civis dos dois municípios e que deu origem à formação da comissão de dez representantes para tratarem do assunto com a ViaOeste.
Entre as solicitações estão a construção de mais duas pequenas rotatórias na SP 29 e de uma ciclovia para dar mais segurança aos inúmeros usuários que vão ao trabalho usando bicicleta como meio de transporte. Com isso, a concessionária passaria a se responsabilizar pelos dois acessos, de aproximadamente oito quilômetros, oferecendo fiscalização, obras de manutenção, paisagismo e socorro.
Braz Cioffi concordou com a necessidade das obras solicitadas, mas explicou que a ViaOeste só poderia se responsabilizar pelo trecho se recebesse autorização da Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo), já que os acessos de Jandira e Itapevi são atualmente de responsabilidade do DER/SP (Departamento de Estradas de Rodagem).
“Essas melhorias são perfeitamente viáveis. Só precisamos de autorização das agências reguladoras para discutir a inclusão dessas obras no contrato”, explicou Cioffi, referindo-se às obras que a concessionária pretende iniciar para promover a remodelação da rotatória do Trevo Itapevi/Jandira, na altura do km 32 da Castello, e do Cebolão, no km 13.
Segundo Cioffi, o projeto destas obras está com o governo estadual à espera de liberação. “A rodovia já chegou ao seu limite. Se nada for feito, o desenvolvimento da região estará comprometido, porque sabemos que trânsito parado inviabiliza qualquer investimento por parte dos empresários. Agora, temos que fechar um acordo com o Estado para que as obras saiam do papel”, afirmou o presidente da ViaOeste, que apresentou à comissão um arrojado projeto que prevê profundas modificações na rodovia, especialmente na chegada a São Paulo, próximo às marginais Tietê e Pinheiros, com a ampliação de faixas e acessos mais inteligentes.
No Trevo Itapevi/Jandira, o projeto contempla a construção de duas alças elevadas que ligam a SP-29 e a avenida João de Góes à Castello Branco. Com isso, os usuários que deixam as duas cidades para entrar na rodovia, fariam o trajeto por cima, enquanto que o acesso para aqueles que estivessem chegando às duas cidades seria feito por baixo das alças.
Participaram da comissão, o vereador Norival José Druzian (PSDB), o presidente da Associação Industrial de Jandira (Assija) Reynaldo Pasqua e o presidente da Associação Comercial de Itapevi (Acita) Hermógenez Sant’Ana, entre outros.
Em primeiro-plano, Caramez e Cioffi, junto com os integrantes da comissão

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.