São Roque poderá ter Expresso Turístico da CPTM

São Roque poderá receber o Expresso Turístico, programa da CPTM, cujo roteiro tem como objetivo divulgar o turismo dos municípios cortados pela ferrovia. A possibilidade foi discutida nesta sexta-feira, 09, entre o deputado estadual João Caramez (PSDB), o prefeito de São Roque, Efaneu Nolasco, e o secretário-adjunto da Secretaria de Estado dos Transportes Metropolitanos, João Paulo de Jesus Lopes, na sede da secretaria em São Paulo.
A Estância Turística de São Roque é conhecida pela produção de vinhos e de alcachofra. Cortado pela antiga estrada de ferro Sorocabana, o município tem o perfil adequado para a implantação do Expresso Turístico, que já funciona nos trajetos Luz-Jundiaí e Luz-Mogi das Cruzes.
“É mais uma grande oportunidade de divulgar o turismo da cidade e de estimular o desenvolvimento do município”, disse o deputado Caramez empolgado com o projeto. O Expresso sairia de São Paulo pela linha Diamante (Júlio Prestes/Amador Bueno) e seguiria até São Roque exclusivamente para o percurso turístico previamente elaborado a fim de explorar três tipos de circuito: do vinho, ecológico e cultural.
Para o prefeito Efaneu, o projeto pode ser planejado de diversas formas e até cogitou a possibilidade de em um dos circuitos incluir um passeio de Maria-Fumaça. “A idéia é fantástica. Estamos muito empolgados com essa possibilidade e vamos fazer de tudo para concretizar este projeto o mais rápido possível”, disse.
Segundo o secretário, a implantação do Expresso em São Roque dependerá do recebimento de novas composições. “Já fizemos o pedido, só que este tipo de entrega leva algum tempo. Mas enquanto elas não chegam, já podemos discutir os aspectos práticos para a implantação, planejar os roteiros, definir a logística, buscar parceiros, entre outras coisas”, disse Lopes.
            Expresso
Nos passeios, uma locomotiva a diesel, da CPTM, conduz dois carros de aço inoxidável fabricados no Brasil na década de 60. São 174 assentos mais uma vaga para cadeira de rodas por viagem, ao todo, acomodando confortavelmente os turistas. Cada vagão conta com um agente de trem e monitores devidamente capacitados para orientarem os turistas. As viagens são realizadas aos fins de semana.
O Expresso Turístico integra o Plano de Expansão do Transporte Metropolitano, do Governo do Estado de São Paulo, no valor de R$ 20 bilhões, o maior investimento em transporte público já realizado no Brasil. Além da transformação de 160 km de linhas de trem em qualidade de metrô de superfície, o Plano prevê a criação de serviços diferenciados para atenderem a demandas específicas. É dentro desse conceito que foi desenvolvido o Expresso Turístico: para aqueles que enxergam na ferrovia muito mais que um meio de transporte eficiente para os seus deslocamentos, uma excelente oportunidade para conhecer sua história, criando uma nova opção de turismo na Região Metropolitana de São Paulo.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.