Secretaria de Agricultura libera mais de R$ 4 milhões para municípios da Amvapa

    O secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, João Sampaio Filho, deu uma boa notícia aos prefeitos da Associação dos Municípios do Vale do Paranapanema (Amvapa) durante audiência realizada na secretaria, no último dia 31/10, que também contou com a presença do deputado estadual João Caramez (PSDB). Todas as cidades integrantes da associação receberão, pelo programa Melhor Caminho, verbas para a conservação de suas estradas rurais. Ao todo, o programa prevê a liberação de mais de R$ 4 milhões.
    Os prefeitos foram surpreendidos com a notícia já que a audiência foi agendada pelo deputado Caramez apenas para que cada administrador informasse ao secretário as necessidades de cada cidade na área de Agricultura. “É claro que estamos todos satisfeitos com essa surpresa e mais uma vez essa iniciativa do governo, por meio da secretaria, vem comprovar a competência e o dinamismo do governador José Serra em atender tão rapidamente os anseios dos municípios paulistas”, confirmou o deputado tucano.
    Para o presidente da Amvapa, o prefeito de Fartura José da Costa, a destinação destes recursos será muito bem-vinda para as cidades do Vale do Paranapanema. “Nossos municípios possuem carências específicas por serem muito pequenos e a conservação dessas estradas rurais é de fundamental importância para o nosso desenvolvimento”, afirmou.
    O programa Melhor Caminho, criado há dez anos pelo governo paulista, tem o objetivo de conservar as estradas rurais de forma a preservar os recursos naturais, especialmente a água e o solo, prevenindo e controlando a erosão, além de garantir aos produtores rurais o transporte seguro dos insumos e safras agrícolas, estimulando a produção.
    Angatuba foi contemplada com a recuperação de 5,2 quilômetros, orçados em R$ 328.950,00; Barão de Antonina, com 5,1 km (R$ 331.530,73); Coronel Macedo, com 4,5 km (R$ 321.975,63); Fatura: 4,45 km (R$ 310.772,64); Itaberá: 5 km (481.400,32); Itaí: 5,2 km (R$ 317.911,36); Itaporanga: 5,5 km (R$ 332.323,16); Paranapanema: 6,2 km (R$ 370.244,66); Piraju: 5,7 km (352.228,37); Riversul: 4,5 km (309.499,12); Sarutaiá: 6 km (R$ 377.602,93); Taguaí: 4,8 km (R$ 328.392,00); Taquarituba: 5,35 (R$ 327.190,09) e Tejupá: 4,6 km (R$ 331.414,70)
   Implementos
   Cada prefeito informou ainda o secretário sobre as necessidades específicas de cada cidade. Foram pedidos, entre outras coisas, diversos implementos agrícolas, como tratores, máquinas plantadeiras, arados e grades, além de apoio na construção de pontes e tanques de resfriamento para leite.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.